fbpx

EagoraCast também promove acessibilidade digital

Você já deve ter notado que o site do AegoraCast está de cara nova e com esse visual implementamos muitas novidades além da informação e descontração de sempre.

A partir de agora em todos os nossos artigos você contara com a possibilidade de ouvir nossos textos pelo Audima.

O Player da Audima, que converte textos para áudio, foi instalado no portal do EagoraCast de orma esperimental com o objetivo de aumentar o acesso ao conteúdo para quem não pode ver e até mesmo está trabalhando ou viajando e não pode estar lendo.

O Audima é uma ferramenta criada por brasileira que converte texto em áudio com locução natural e permite navegação mais agradável ao diferenciar palavras de imagens.; a empresa nasceu nos EUA, impulsionada no Vale do Silício (Califórnia).

216f0afb459fbb50bc5a3e498f62bc24-gpMedium EagoraCast também  promove acessibilidade digital

Para tentar transformar essa realidade, a brasileira Paula Pedroza desenvolveu uma ferramenta – o nome é Audima Site externo – com base em inteligência artificial para converter conteúdos escritos em áudio, com leitura natural dos textos – na primeira experiência você chega a pensar que está escutando uma locução gravada – e a capacidade de diferenciar palavras de imagens, o que resulta em uma navegação mais competente e equilibrada, permitindo melhor compreensão do assunto.

“Sempre apr Player da Audima, que converte textos para áudio, foi instalado no portal do IRM com o objetivo de aumentar o acesso ao conteúdo Player da Audima, que converte textos para áudio, foi instalado no portal do IRM com o objetivo de aumentar o acesso ao conteúdo

As primeiras ideias para criação da ferramenta surgiram em 2016, ainda em Nova Iorque, onde a carioca Paula Pedroza morava na época. Em setembro daquele ano, por meio de aceleração no Vale do Silício (California/EUA), a empresa Audima recebeu aporte de investidores, além de créditos em tecnologia e serviços de empresas como Amazon, IBM, Google e Facebook, o que ampliou sua visibilidade no mercado e aprimorou sua tecnologia. A solução com o nome Audima foi lançada em abril de 2017.

216f0afb459fbb50bc5a3e498f62bc24-gpMedium EagoraCast também  promove acessibilidade digital

Como funciona

A implementação da Audima é simples, mas precisa ser feita pelos administradores dos websites, que vão escolher o tipo de voz e a posição da ferramenta na página. O leitor precisa apenas apertar o play.

“O potencial de crescimento e a abertura de novos mercados no Brasil e na América Latina nos motivam a incorporar investidores na Audima. Negócios relacionados a startups têm futuro promissor no cenário global”,
defende Paula. “O crescimento desse mercado é alavancado pelo desenvolvimento das tecnologias de computação em nuvem, que reduziram custos e aumentaram a capacidade de armazenamento e de processamento de dados”, diz a fundadora da Audima.

A companhia chega ao Brasil de olho no mercado de geradores de conteúdos e websites de notícias. “Está em desenvolvimento um plugin que poderá ser usado no Facebook”, conta Paula.

Empresas interessadas em implementar a Audima em seus websites, testar a solução e, se houver interesse, pedir orçamento para uso da ferramenta, podem fazer download do aplicativo no link audima.co/startnow/

Parte do texto foi retirado do site: //vidamaislivre.com.br/

Nerd OldSchool desenhista ilustrador, publicitário, locutor, artista, estudante anarquista, louco por cinema, pai e marido.

Damasio Neto

Nerd OldSchool desenhista ilustrador, publicitário, locutor, artista, estudante anarquista, louco por cinema, pai e marido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *