fbpx

Numa certa noite

Numa certa noite, na verdade foi na madrugada do dia quinze de agosto desse ano, 2019, sonhei algo que me deixou bastante pensativo, e isso é o que gostaria de transmitir aos meus leitores. Mas antes, queria tratar de algumas questões bem pertinentes.

Na verdade não dou atenção a sonhos, e até os culpo por tantas atrocidadesshutterstock_366038129-300x249 Numa certa noite causadas pela religião, pois muitos pretensos profetas começaram seus sistemas religiosos opressores porque acharam que algum deus estava revelando algum projeto divino, e que agora esse homem ungido (escolhido) teria a partir dali a missão de conduzir a todos à “verdade“, claro que geralmente a vontade desse deus tinha a “coincidência“ de estar alinhada à vontade do profeta e do rei ao qual esse profeta geralmente servia. Claro, via de regra, opositores eram sumariamente executados!

Mesmo hoje as pessoas tendem a levar a sério os sonhos que tem à noite, alguns sonhos podem mesmo fazer as pessoas acordarem sobressaltadas, mas fazer planos e agir levando em conta um sonho só revela que o pensamento mágico ainda é muito presente no mundo todo, e um país onde o sincretismo religioso (união de várias práticas e crenças religiosas) é tão forte, como no Brasil, é apenas natural que as pessoas acreditem e tornem ricos todos os tipos de oportunistas e aproveitadores que afirmem ter o poder de interpretarem sonhos e até produzir ampla publicação voltada pra essa fatia de crentes leais nos seus pretensos poderes.

Notem que só falei dos sonhos, nem falei ainda de horóscopo, simpatias e outras centenas de “artes“ ligadas ao mundo da credulidade e da patifaria que podem fazer com que uma pessoa formada em administração e que tenha conhecimento de estatística e finanças não ouse fechar certo negócio lucrativo porque seu guru que mal terminou o quarto ano fundamental interpretou um sonho alertando sobre um risco com relação a esse contrato.

shutterstock_366038129-300x249 Numa certa noite

Já que comecei vou falar o que EU pessoalmente penso sobre a indústria da patifaria. A imensa fatia da literatura da autoajuda, cursos de coaching, empreendedorismo, mundo melhor, e manuais tipo “10 maneiras de atingir a sua liberdade financeira“, pra mim não passam de um sistema facilitador para ação de aproveitadores inescrupulosos.

Todos os dias as pessoas aderem a essa onda “new age“ porque contradizer o status quo pode significar estar inapto para o mercado de trabalho, e andar com Augusto Cury debaixo do braço pode soar bem no ambiente shutterstock_366038129-300x249 Numa certa noitecorporativo, passa a impressão que você não vai ficar puto com seu chefe e não vai mandá-lo pro inferno quando ele mandar você ir trabalhar no sábado, dizendo que vai pôr suas horas extras num banco de horas.

Mas voltando ao meu sonho:

Sonhei que era convidado a participar de uma reunião em uma mesa branca, e nela eu falava que a ciência não explica tudo, mesmo a ciência depende de fé, exemplifiquei que temos dados científicos que revelam a possibilidade de mesmo tendo uma vida eterna não conheceríamos todo o universo, pois ele pode estar ainda expandindo e claro, devido suas dimensões insondáveis. Como explicar isso que de fato é cientificamente coerente, mas não podemos testar em laboratório, resta apenas a crença, de certa forma.

Bom, não sei o motivo de ter sonhado isso, mas talvez assisti ao filme Dr. Estranho da Marvel e o diálogo do Dr. Stephen Strange e a Anciã sobre a sua incapacidade de ver além da ciência tenha ficado gravado no meu subcosciente. Bom, o fato é que não aguento mais a inundação dessa verdadeira onda “clerical“ que promete resolver todo tipo de problema pra você, desde hemorroida à gestão de pessoas.

Lembro-me de como o livro “Quem mexeu no meu queijo?“ fez sucesso. A shutterstock_366038129-300x249 Numa certa noiterevistinha do João Bidú até hoje faz sucesso geração após geração. Me pergunto  quando vamos tratar a vida como se não vivêssemos no universo do jogo “The Whitcher“ do PS4, que é ambientando num universo medieval cheio de mágica.

Bom, esse texto não diz que TUDO é mentira, mas afirma que aproveitadores são bem reais e como verdadeiros monstros estão à espreita, não lhes interessa sugar sua alma, mas sugar tudo que está na sua carteira. Portanto, cuidado com o bicho papão do deus ex machina do mundo real.

Filosofo de bar, criador de lobos gigantes do além muralha e best friend do Zé Pilintra.

Max Castro

Filosofo de bar, criador de lobos gigantes do além muralha e best friend do Zé Pilintra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *