fbpx

Intuição e Saudade

Você já sentiu uma forte intuição daquelas que não te deixa em paz? Como se alguém estivesse dentro de você te ordenando a tomar atitudes? O ano era 2014 precisamente dia 27 de dezembro, o último sábado daquele ano. Estava de férias quando veio uma vontade forte de visitar uma grande amiga chamada Paula. Ficamos amigas na época em que trabalhamos juntas. Bons tempos.

Ela era engraçada, estabanada, mas muito carente, era de outra cidade e dividia o apartamento com dois irmãos. Frequentava a casa dela por insistência da mesma que sempre me convencia pedindo como uma criança. Com a mudança de empresa nos separamos, mas continuamos nossa amizade sempre com longas conversas por telefone e esporádicos encontros.

intuicao-einstein Intuição e Saudade

Paula casou e teve dois filhos, sempre que podia, ia a sua casa. Colocávamos a conversa em dia, ela fazia um café muito bom, como tudo que fazia, era uma excelente cozinheira. Sempre pintava minhas unhas com muito prazer, na verdade ela insistia e embora sempre tirasse um bife da minha unha acabava cedendo por sua presteza.

Devido ao trabalho e distância cada vez ficava mais difícil ir à casa dela. Ela perdeu o emprego, e o marido a deixou. Uma separação com detalhes dolorosos que não vou explicita-los porque caberia outro texto. Diante dessa situação, Paula me ligava todos os dias, mais de uma vez, estava transtornada, deprimida.

intuicao-einstein Intuição e Saudade

Retornando ao dia 27 de dezembro, como já escrevi acima, tomada por uma vontade de rever minha amiga fui a casa dela. Conversamos bastante, rimos, relembramos momentos e o assunto decepção e tristeza retornava. Ela demonstrava que não sabia o que fazer e me pediu um conselho. Instintivamente aconselhei para que retornasse a sua cidade natal noutro estado, só por uns dias. Visitar os pais com as crianças, se distanciar para pensar na vida.

Recordo-me que ela me perguntou umas três vezes se era isso mesmo que deveria fazer e meu coração mandava dizer que sim. Ela viajou com os filhos. Já na casa de seus pais Paula foi diagnosticada com câncer com metástase em fase terminal, partiu de forma tão rápida que não deu tempo de comprar as passagens para vê-la.

Penso na intuição que tivera. Na insistência para que ela fosse para sua terra. Será que somos usados por uma força maior? Estou escrevendo e chorando, pois estou sentindo muita falta. Saudades dos meus dedos doloridos depois que ela se aventurava de manicure, saudade de nossas conversas. Sinto falta até daquelas ligações insanas às 06 da manhã me acordando imitando a voz da apresentadora Ana Maria Braga. Para mim ela ainda está no Maranhão e vai trazer a farinha e o guaraná Jesus que sempre trazia.

intuicao-einstein Intuição e Saudade

Insistente social, militante de Direitos Humanos, amiga, feminista, assistente e Insistente social. Tentando o equilíbrio entre força e sensibilidade, por fora tranquila por dentro ninguém saberá.

Laicia Farias

Insistente social, militante de Direitos Humanos, amiga, feminista, assistente e Insistente social. Tentando o equilíbrio entre força e sensibilidade, por fora tranquila por dentro ninguém saberá.

Um comentário em “Intuição e Saudade

  • 11 de janeiro de 2020 em 01:17
    Permalink

    Nossa que história trágica, infelizmente a vida de muitas pessoas tem mais momentos ruins do que bons e algumas pessoas só tem quase que unicamente momentos tristes. É uma daquelas coisas que não tem explicação, mas é assim que é!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *